Você sabe como escolher um bom vinho de sobremesa? Leia e descubra!

Taninos do vinho: descubra o segredo por trás desse componente na bebida
1 de setembro de 2020
Queijos mais caros do mundo: saiba onde são encontrados
21 de setembro de 2020

A harmonização de bebidas deve começar desde a entrada da refeição e acompanhar até o final, na sobremesa. Com vinhos não é diferente. Você sabe como identificar boas pedidas de vinhos e como harmonizar com pratos doces?

Neste post, você vai aprender a escolher um bom vinho de sobremesa, que combine com todo o menu, inclusive com o prato doce. Ficou interessado no assunto? Boa leitura!

Regras essenciais

Toda parceria precisa de harmonia, não é verdade? Ou seja, os elementos envolvidos não podem se sobrepor uns aos outros. Com vinho e sobremesa também funciona assim. Se a sobremesa for mais pesada e robusta, o vinho deve seguir a lógica, sendo mais forte e encorpado. Caso a sobremesa seja mais leve, o vinho também deve ser mais tranquilo.

É importante que a bebida sempre valorize o sabor do prato, sem que haja uma briga de sabores dentro da boca. Além disso, é necessário que haja certa similaridade entre os ingredientes que compõem o prato e o vinho.

Tipos de sobremesas

Veja abaixo algumas opções de sobremesas seguidas dos vinhos que melhor harmonizam com cada uma delas.

Com frutas

Para as sobremesas feitas à base de frutas, como torta de banana e maçã, cheesecake de morango e até mesmo uma salada de frutas, o ideal é que o vinho tenha o mesmo teor de açúcar, para que as notas frutadas do prato doce se destaquem junto com a bebida. Espumantes são excelentes opções nesses casos.

Com chocolate

Para as sobremesas feitas com chocolate, como brigadeiro, brownie, petit gateau, musse e até mesmo sorvete de chocolate, o ideal é que a bebida seja forte e tenha taninos acentuados, para contrapor com a gordura do chocolate. Sendo assim, os vinhos brancos, por serem mais suaves e leves, não são indicados. Os vinhos tintos portugueses, especialmente os da região do Porto, são boa indicações.

Com café

Para as sobremesas feitas com café, como tiramissú, frapuccino e torta gelada de café, é importante que o vinho escolhido também lembre esses sabores. É o que chamamos de harmonização por semelhança. Uma sugestão, nesse caso, é o vinho italiano do tipo marsala, de sabor forte e presente.

Com doce de leite

Para as sobremesas muito doces, especialmente as feitas à base de doce de leite, uma sugestão é que a harmonização seja feita por contraponto, ou seja, que o vinho escolhido “quebre” a doçura da sobremesa. Os vinhos brancos do tipo chardonnay são boas pedidas, pois têm um sabor ácido que contrapõe o prato doce.

Com leite e ovos

Para as sobremesas feitas com leite e ovos, como pudim, manjar e pavê, uma boa opção é escolher vinhos late harvest, que são produzidos com uvas colhidas mais tarde que o normal, pois são mais suaves e leves.

A harmonização de vinhos de sobremesa com pratos doces não precisa ser uma tarefa difícil. Seguindo as dicas deste post não tem como errar nunca mais, não é mesmo?

Gostou do nosso conteúdo? Então, aprofunde-se um pouco mais no assunto e veja como realizar a harmonização de vinhos perfeita!

Abrir Chat
Precisa de Ajuda?
Olá, podemos te ajudar?