Tipos de vinhos, suas características e diferenças: conheça agora!

Conheça os tipos de taça de vinho e entenda suas diferenças!
29 de abril de 2020
Como fazer harmonização de vinhos: passo a passo do que deve ser observado
1 de junho de 2020

Para acompanhar o jantar, reunir os amigos ou mesmo para um encontro a dois, o vinho é a companhia perfeita em muitas ocasiões. Mas será que você sabe exatamente qual vinho combina mais com cada situação e como cada um deles é produzido? É isso que mostraremos neste artigo!

Ficou interessado no assunto? Então confira quais são os tipos de vinho mais comuns, suas características e diferenças, e aprenda um pouco mais sobre o universo da enologia. Boa leitura!

Em relação à cor

A cor do vinho tem relação com o tipo de uva usada na preparação e no processo de fermentação. Veja abaixo as colorações mais comuns encontradas atualmente.

Vinho tinto

O vinho tinto, conforme o próprio nome sugere, é aquele que tem cor, que tem tintura. Ele é produzido com uvas escuras (tintas) a partir da fermentação do mosto (aquela pasta que se forma a partir do esmagamento das uvas) em que parte se transforma em álcool.

O processo é o seguinte: uma parte do açúcar das próprias uvas se transforma em álcool ao atingir determinadas temperaturas, sendo que os tintos precisam de uma temperatura maior e ainda a ajuda de leveduras, que podem ser naturais ou fornecidas por laboratórios.

No geral, os vinhos tintos harmonizam muito bem com carnes vermelhas, massas e, principalmente, os queijos mais amarelos, que têm mais gordura.

Vinho branco

O vinho branco é produzido, basicamente, com uvas verdes. Pode ser que, vez ou outra, também seja usada um pouco da massa das uvas roxas. A fruta mais usada pra essa coloração de vinho é a Chardonnay, mas também pode ser feito com Sauvignon Blanc, Torrontés, Pinot Grigio e muitas outras.

O sabor do vinho branco é mais adocicado, sendo mais fiel ao gosto da fruta em si. Vinhos brancos harmonizam com pratos mais leves, como peixes, frango e saladas.

Vinho rosé

Por mais incrível que possa parecer, o vinho rosé é produzido apenas por meio das uvas tintas, sem mistura com as verdes. Ele tem coloração mais clara porque, na fase de esmagamento para a obtenção do mosto, as uvas não ficam muito tempo em contato com as cascas escuras.

O vinho rosé é muito leve e refrescante, por isso é bastante consumido no período do verão. Harmoniza muito bem com uma tábua de frios, salgadinhos finos, pizzas, alguns queijos e massas.

Vinho espumante

Os espumantes são aqueles que passam, primeiramente, pela fermentação natural e, depois, por outro tipo de fermentação para adicionar gás carbônico e formar a espuma.

Lembre-se que o espumante e a champanhe são o mesmo produto, mas a champanhe é aquela produzida especificamente na região de Champagne, na França.

Muito consumido nas festas de réveillon, o espumante harmoniza bem com saladas, massas, carnes brancas e, inclusive, sobremesas.

Em relação ao teor de açúcar

A quantidade de açúcar de um vinho, juntamente com a acidez, o amargor e o aroma, ajudam a influenciar na percepção de textura e sabor da bebida. Confira as principais classificações.

Vinho seco

Os vinhos secos são feitos com uvas nobres (viníferas) e por isso são considerados mais requintados. São dotados de sabor forte e marcante, quase nada adocicados, pois as uvas usada para fabricá-los têm mais taninos (elemento encontrado nas sementes e cascas). Harmonizam bem com carnes, frios e queijos amarelos.

Vinho suave

É o famoso vinho de mesa. Os mais críticos nem consideram vinho, pois são produzidos com uvas comuns em vez das viníferas. Ao contrário do vinho seco, o açúcar é adicionado depois da fabricação. Por ser mais doce, harmoniza melhor com carnes mais leves e petiscos.

Vinho demi-seco

É o meio termo entre o vinho seco e o vinho suave. A quantidade de açúcar adicionada depois da produção é menor se comparado ao vinho suave.

Vinho doce

No vinho doce são usadas viníferas e, por incrível que pareça, o açúcar não é adicionado depois da produção. A doçura desse tipo de vinho vem da própria uva sendo que, quanto mais maduras elas estiverem, mais doce o vinho será. O vinho doce harmoniza bem com frutas e chocolate.

Vinho fortificado

Esse é um dos tipos de vinho mais caros no mercado. Também chamado de vinho do Porto, ele praticamente não passa pelo processo de fermentação completo, resultando em uma bebida com pouco álcool e muito açúcar. O segredo para que ele dure mais tempo é a adição de outros destilados ao produto, como o conhaque. O resultado é um vinho menos amargo e com doçura moderada.

Em relação ao tipo

O tipo de uva usado na preparação do vinho é o que determina finalmente o sabor, sendo responsável pela suavidade ou amargor de alguns rótulos específicos. Confira abaixo as uvas mais tradicionais e suas principais características:

  • Cabernet Sauvignon — é a uva mais popular do mundo inteiro. Produz bons vinhos de mesa, geralmente tintos, secos e balanceados no amargor e aroma;
  • Malbec — é uma uva que também resulta em bons vinhos de mesa tintos e secos, porém mais encorpados e amargos que a Cabernet Sauvignon;
  • Merlot — bastante similar à Cabernet Sauvignon em relação à suavidade, contudo tem aroma mais frutado e com certo requinte. Também produz vinhos de mesa, tintos e secos;
  • Tannat — é uma uva de color bem intensa e sabor específico, diferente das clássicas citadas acima. Pode ser misturada com Merlot para suavizar o sabor. Produz vinhos de mesa tintos e secos;
  • Pinot Noir — uva que produz vinhos de mesa e espumantes de cor branca ou tinta. É uma uva delicada e bem suave, difícil de ser cultivada, resultando em vinhos muito saborosos;
  • Chardonnay — é uma uva branca, classificada como uma das mais nobres para produzir vinhos de mesa ou espumantes de cor branca e sabor seco ou demi-seco. É também utilizada para vinhos brancos e destinada para a preparação de champanhes na França.

Os tipos de vinho, as características e diferenças devem ser levadas em conta na hora de escolher o rótulo que melhor agrada o seu paladar. Tenha certeza de quem sempre haverá um vinho perfeito para você e para cada ocasião.

Gostou do conteúdo? Então aproveite para entrar em contato conosco agora mesmo para aproveitar nossos planos!

Abrir Chat
Precisa de Ajuda?
Olá, podemos te ajudar?